ebook Gestão Escolar Simplificada
eBook Gestão Escolar Simplificada
Baixe agora este guia definitivo e gratuito
para melhorar a gestão e o dia-a-dia em sua escola.

Confirmar download do ebook Gestão Escolar Simplificada
Receba imediatamente o ebook em seu email!

Dislexia, disgrafia, discalculia… Prepare-se para resolver problemas de aprendizado dos seus alunos
Postado em 15 de dezembro de 2014, em Educação



Cada aluno aprende de uma forma diferente e em um ritmo particular. Além disso, em menor ou maior escala, todos os educandos possuem potencialidades e limitações. Cabe ao professor saber trabalhar as facilidades e dificuldades dos estudantes da melhor maneira possível.

É preciso reconhecer que o processo de ensino-aprendizagem não é feito exclusivamente de sucesso e aprovação. Muitas vezes, no decorrer do ano letivo, a tarefa de ensinar se torna altamente desafiadora diante dos problemas de aprendizado dos alunos.

A boa notícia é que adotando as técnicas, ferramentas e metodologias adequadas, é possível trabalhar bem até nas situações mais complicadas, mesmo quando o contexto não é favorável. Quer saber como agir diante dos principais problemas de aprendizado dos alunos? Então continue lendo o nosso artigo!

Gestão Escolar Simplificada

Como lidar com a dislexia?

A dislexia é um problema de leitura e os alunos disléxicos não são fluentes quando leem, pois eles invertem sílabas, apresentam leitura lenta, fazem trocas e omissões de letras, pulam linhas ao ler textos grandes. A melhor forma de trabalhar esse problema é através da paciência. Ajude o aluno quantas vezes forem necessárias e evite o tom de repreensão. A correção deve ser feita com amor.

Como lidar com a disgrafia?

A disgrafia é um problema de escrita, que pode ser associado ou não à dislexia. Como o aluno inverte letras na leitura, ele tende a reproduzir esse problema quando escreve. Além disso, os alunos com disgrafia apresentam letras muito próximas, mal traçadas, ilegíveis e textos desorganizados. Para lidar com essa dificuldade, use o mesmo método sugerido para trabalhar com estudantes disléxicos. Além disso, desafie o aluno e proponha atividades que possam melhorar a sua escrita.

Como lidar com a discalculia?

A discalculia, como o próprio nome sugere, é a dificuldade para lidar com números e cálculos. Os portadores desse deficit costumam ter problemas com as quatro operações, não entendem os enunciados dos problemas e também não compreendem sequências lógicas. Uma boa maneira de melhorar esse quadro, é investir em aulas de reforço para os alunos, além de aumentar o grau de dificuldade dos cálculos e enunciados de forma gradual. Não tenha pressa de ensinar os alunos com discalculia, pois o ritmo deles é mais lento.

Como lidar com a dislalia?

A dislalia é um problema de emissão da fala, caracterizado pela troca de fonemas, erro nos sons e pronúncia inadequada das palavras, tornando-as confusas. Ele normalmente acontece em pessoas com problemas no palato, lábio leporino ou flacidez na língua. Nesse caso, o trabalho do professor deve ser associado ao trabalho do fonoaudiólogo.

Como lidar com o TDAH?

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade é um dos problemas mais sérios que afetam a aprendizagem. O TDAH é uma ocorrência de ordem neurológica, que acarreta sintomas como inquietude, falta de concentração, desatenção e impulsividade. Para lidar com esse problema, é necessária a intervenção de psicólogos, professores, gestores, pais, psicopedagogos e neurologistas.

Dicas extras para lidar com os problemas dos alunos

  • Independente de qual seja o problema, procure solucioná-lo unindo forças entre a família e a escola.

  • Não rotule ou subestime os alunos com problemas de aprendizagem. Esse tipo de prática afeta a autoestima e motivação do estudante.

  • Promova a integração dos alunos com deficit de aprendizagem. É importante que eles convivam com os colegas e que a turma aprenda a aceitá-los, respeitá-los e ajudá-los.

  • Valorize o esforço do aluno e os bons resultados também. Qualquer pequeno progresso deve ser reconhecido e elogiado.

  • Procure identificar se o problema é de ordem orgânica, emocional ou psicológico. Também é necessário descobrir se o problema é definitivo ou transitório.

  • Não desista do seu aluno, por mais difícil que seja trabalhar com ele. Você pode fazer a diferença na vida desse estudante!

E você, quais estratégias usa para lidar com alunos que apresentam problemas de aprendizado? Conte para a gente através dos comentários e continue de olho no nosso blog!




Recomendados para você!







Ajuda / FAQ
Blog
Missão, Visão e Valores
Política de Privacidade
Fale conosco através do telefone (24) 2255 5209 ou pelo contato@diplomaster.com !
Suporte por telefone de 8h às 18h, de segunda a sexta.

Curta nossa página no Facebook     Rua XV de Novembro, 171 - Centro - Três Rios/RJ - CEP 25802-150